Celular

(51) 99967-1273

Whatsapp

(51) 99967-1273

Programa Gurizada Leve

Baixe Grátis E-book : Receitas saudáveis para crianças


Não é novidade a nenhum de nós, que a Obesidade tem se tornado um problema de Saúde Pública, uma epidemia. Mas mais alarmante se torna esse fato, quando o sujeito em questão é uma criança.

A obesidade infantil tem várias causas/origens/fatores, mas sem dúvida, a principal delas passa pela alimentação inadequada à qual nosso pequenos são apresentados e submetidos desde cedo.

Estudo sérios apontam para um aumento significativo no número de óbitos nas próximas décadas, em função de doenças causadas pela má alimentação e obesidade. Ora, se falamos “nas próximas décadas”, estamos falando das crianças de hoje – nossos filhos, sobrinhos, afilhados, amigos dos nossos filhos… Talvez, alguns deles não estejam em condições de saúde para contar suas histórias nas décadas seguintes

Diante disso, o Leve Flávia Felippe, com programa Gurizada Leve, tem uma proposta muito séria, um compromisso, uma missão: uma Escola de Aprender a Comer com Reeducação Alimentar. E o que faz uma escola? Uma escola cuida, antes mesmo de ensinar!

Aqui, nos apresentam os mais variados casos de crianças com dificuldades alimentares: meninos acima do peso pelo excesso de comida; meninas que comem o que não devem, meninos que seguem se alimentando como bebês…, mas todos têm algo em comum: encontraram em seus pais o suporte necessário para pedir ajuda.

Uma escola cuida, e cuida não só de quem está em seus bancos diariamente, mas também de quem garante o respaldo do dever de casa, da sustentação do certo e do errado. Portanto, a Equipe Leve cuida também dos pais, já que são eles os responsáveis em praticar dentro de casa o que se aprende na reeducação alimentar do Leve.

Somos compostos por uma equipe multiprofissional com a intuito de cercar todas, ou quase todas, as variáveis envolvidas nos transtornos alimentares infantis. Realizamos grupos semanais com as crianças, divididas por afinidades e/ou objetivos e idades; discutimos, vivemos, experimentamos, e assim, aprendemos e ensinamos.

Os pais também têm seu espaço de discussão, de pôr em questão suas angústias e dificuldades no manejo do dia a dia com seus filhos. Ambos – pais e filhos tornam-se aprendentes, aprendizes, e reprodutores do que se aprendeu para o restante da família.

Desta forma, trabalhando em conjunto, percebemos ao longo da nossa história, que a reeducação alimentar é o caminho para reverter esse quadro sombrio e triste que vem se pintando com nossas crianças na cena principal. Nós, os adultos responsáveis por esse futuro, não podemos deixar que esta cena se propague, temos que dar um basta, e um caminho possível para esse Basta, é Pensar e Viver Leve